Semana no Milord Taverna

Semana no Milord Taverna

Share Button

Sexta 15/04 – Taberna Folk – Couvert R$ 15

Banda brasileira com repertório voltado para a música folclórica da Europa medieval/celta/renascentista.

Formada no ano de 2008 DC, com o intuito de resgatar músicas na sua maioria da Europa antiga. O objetivo do grupo é trazer para os tempos de hoje uma das melhores formas de diversão de nossos antepassados, trazendo o clima e a alegria das antigas tabernas. O repertório consiste basicamente em temas tradicionais medievais, celtas, germânicos, nórdicos etc., assim como músicas próprias que tem por intenção recriar o estilo da época.

Domingo 17/04 – Motherfolk – Couvert R$ 10

Duo que desde 2005, com inspiração em tradições populares, profanas e pagãs, principalmente da Irlanda e da Escócia, mas também de Gales, Galícia, Gália. Os repertórios que tocam são ao mesmo tempo tradicionais e contemporâneos, no sentido de que a música folk jamais esteve tão viva como em nossa época. São canções de viajantes, canções do mar, canções de taverna, de ciganos, forasteiros, trabalhadores em minas de carvão, amantes desprezados. A rica veia poética disseminada através da história por bardos e menestréis errantes, cujas canções mais antigas datam do séc. XV, mas cuja tradição é muito anterior, suas raízes mergulhando no antigo costume Celta de narrar e registrar a vida através de sagas, poemas e canções. Motherfolk faz versões de raiz de música de raiz, utilizando-se apenas de instrumentos acústicos para repertórios de diversos artistas dos anos 50, 60 e 70, acentuando as características especificamente rurais do rock. Cesar Castro Rosa, violão e voz, e Lucia Fernandes, percussão, vêm tocando juntos há uma década. Ao vivo, o que se manifesta é um sentimento de paixão crua, o fogo de uma vida compartilhada de discografias, muitas vezes apreciadas na cozinha, o lugar favorito da casa. Quando estão tocando, é como se uma telepatia sônica se estabelecesse entre eles.
São eles: Cesar Castro-Rosa e Lucia Fernandes. Violão e voz, bodhrán e cajón, respectivamente. Cesar, tocando a música Celta há 25 anos. Lucia tendo participado da história da cultura popular brasileira, da fundação do lendário Grupo Cupuaçu que mantém vivos os festejos do Bumba Meu Boi no Morro do Querosene.

Serviço

Milord Taverna
Endereço: Rua Sacramento, 367 – Centro – Campinas – SP
Horário de funcionamento: De terça a quinta e domingo das 18h às 23h:30min | De sexta e sábado das 18h às 2h

Informações e reservas: (19) 3308-2014 (De terça a domingo das 16h às 19h)

Capacidade: 120 pessoas sentadas
Facebook: www.facebook.com/milordtaverna
Wi Fi Liberado | 03 Ambientes | Acessibilidade
Serviço de vallet R$ 15 | Convênio com estacionamento

Cartões de débito e crédito (Visa| Master| Cielo| American Express)

Milord Taverna

O cheiro dos campos floridos, a pele colocada cuidadosamente sobre o velho e pesado banco de Cerejeira, a chama crepitando dentro de uma lanterna sobre a mesa, dançando ao som de Violinos, Alaúdes e Gaitas de Fole tocados por animados músicos que se apresentam no pequeno palco.

Salames, presuntos, ramas de cebola e alho, canecas, peneiras, cestos, sacarias, garrafões, ervas, tudo pendurado no bar, de forma a facilitar a vida do taberneiro, que atrás de seu velho balcão, em volta de barris de Carvalho, se apressa para atender aos clientes famintos.

Bandeiras, pendões, brasões, escudos e espadas, elmos e cabeças de Javali e alces, enfeitam as paredes do animado salão.

Cerveja gelada, chope na caneca e o melhor Hidromel. Carneiro assado com ensopado no prato e a coxa de Peru, que dança na mão do animado frequentador que vai se deliciando com sabores exóticos da culinária medieval.

A recepção é feita por legítimas Miladys, que encaminham os clientes aos Milordes, que junto ao taverneiro, garantem o atendimento e proporcionam uma verdadeira viagem ao tempo, entre os séculos X e XI.

Assim é a Milord Taverna, inaugurada em janeiro de 2016 na cidade de Campinas para aguçar os cinco sentidos dos clientes, vivenciando uma experiência imersiva na idade média e seus costumes que até hoje encantam e atraem seguidores pelo mundo todo.

 

A Redação

Por Uma Mídia Livre em Hortolândia.

Facebook Twitter YouTube