Primeira análise sobre os pré-candidatos a prefeito de Hortolândia

Primeira análise sobre os pré-candidatos a prefeito de Hortolândia

Share Button

Faz algum tempo que venho observando o cenário e o comportamento de colegas e atuais políticos que hoje são pré-candidatos a prefeito de Hortolândia.

As primeiras movimentações políticas que ficou muito evidenciada nos primeiros meses deste ano, foram as ações de reivindicações sociais realizadas pelo ativista social, Walter Silva, mais conhecido como “Tato” que abriu um canal de comunicação “Hortolândia que Não passa na TV“. Possui vários perfis no Facebook (1, 2, 3) e uma página oficial na mesma rede social. Após algum tempo surgiu críticas por parte de algumas pessoas que o ajudavam, afirmando que estava usando as pessoas para conseguir uma notoriedade política. Foi anunciado como pré-candidato a prefeito pelo PPS no dia 14 de maio e no dia 10 de julho (segundo o PPS, devido à nova regra eleitoral) anunciou pelo Facebook a coligação do PPS com o PSDB, apresentando-se como pré-candidato a vereador e apoiando a pré-candidatura a prefeito do médico George Burlandy, conhecido no meio político como “Dr. George”.

George Burlandy foi vereador de Hortolândia, atua como médico no município e agora deixando o PR voltou ao PSDB na possibilidade de ser escolhido como pré-candidato a prefeito. No mês de abril, em votação, obteve 60% (123 votos) de aprovação contra 24,88% (51 votos) a favor de Ananias José Barbosa e 15,12% (31 votos) a favor de Edvan Campos de Albuquerque, o Ceará. Fazendo referência ao PT dentro de um cenário nacional, Burlandy coloca a atual administração pública municipal no mesmo “saco” de denúncias e escândalos:

Pode haver uma maneira mais técnica e eficiente de governar, fazendo o dinheiro render mais e combatendo a corrupção. Em época de vaca magra, tem de saber gastar melhor. Foi uma administração ineficiente e corrupta que causou esse caos no País. E esse mesmo grupo está em Hortolândia. Queremos reescrever a maneira de gerir a cidade (fala de George durante entrevista ao Jornal TodoDia).

Em 2012, Burlandy concorreu a prefeito perdendo para o candidato Antônio Meira que fez a sua campanha com a proposta de um governo de continuidade, se referindo ao governo Perugini que o antecedeu e o apoiou durante a campanha. No entanto, contrário às propostas de continuidade de governo em 2012, o ex-prefeito Ângelo Perugini quer voltar ao poder municipal afirmando que não está satisfeito com o estilo de governo atual e que o comércio deve ser mais valorizado e deve ocorrer o crescimento das receitas públicas. Desta forma, deixou o PT e filiou-se ao PDT na tentativa de retomar o cargo de prefeito que ocupou durante dois mandatos (2005-2012). Cita ainda como referências do seu novo partido, o político Leonel Brizola e o ex-prefeito cassado de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, elogiando este último pelos seus feitos na cidade vizinha e também  afirma que é inocente a respeito dos processos que responde perante a justiça (CBN Campinas).

Por outro lado, o atual prefeito Antônio Meira, foi aclamado pré-candidato à reeleição durante encontro Municipal do PT realizado na manhã do último sábado (9/06), na sede do partido. Em oposição ao ex-marido, Ana Perugini comparou a administração Meira com as demais e citou dados do programa de moradias:

Nos governos passados foram construídas 1599 moradias. Meira fez quase 3 mil casas. Ele conseguiu, através de políticas públicas, fazer mais do que as administrações passadas.

Para Meira o projeto de continuidade de governo não pode parar.

O PT propiciou a grande transformação dessa cidade e nossa cidade não pode retroceder, temos que avançar.

Perante este quadro, o PSOL também se apresenta no município como uma alternativa real, sendo que é um dos 4 únicos partidos que não estão envolvidos em nenhum crime que vem sendo exposto continuamente nos meios de comunicação. A alternativa do PSOL é apontada por meio do pré-candidato a prefeito Fernando Ricardo Ladeia, que já representou o partido em 2012, quando atingiu 7,6% dos votos válidos em uma campanha sem recursos. Criticou veementemente a canalização do Ribeirão Jacuba e as políticas públicas que não apoiam devidamente os trabalhadores do município, além de apontar a educação como o meio para solucionar os problemas de violência na sociedade. Ladeia é professor formado em sociologia e especialista em gestão pública.

Acreditamos que com esse perfil poderemos canalizar o anseio popular que não se sente mais representado pela forma que a política vem sendo conduzida em nossa cidade e em nosso país, afirma o presidente do PSOL de Hortolândia, Carlos Rocha (PSOL Hortolândia).

Nos próximos dias o Jornal-WEB Hortolândia NEWS estará enviando uma carta oficial para cada pré-candidato com o agendamento previsto de entrevistas e debate.

Fontes da imagem em destaque: George Burlandy – Portal TodoDia, Ângelo Perugini – Página Pessoal no Facebook, Meira – Portal Hortolândia, Fernando Ladeia – Página Pessoal do Pré-Candidato

Leandro Bolina Nascimento

Jornalista e fundador do Hortolândia NEWS.

Facebook Twitter YouTube 

Recomendado