Nova droga: fumar e cheirar doces amassados

Nova droga: fumar e cheirar doces amassados

Share Button

É conhecido entre já muitos profissionais da nutrição de que a ingestão de açúcar, guloseimas e todas as calorias vazias são uma droga para o organismo, agora fumar e cheirar doces amassados é uma novidade! O comportamento está virando uma verdadeira ‘modinha’ causando preocupação em especialistas.

A última “tendência” entre jovens e adolescentes americanos é o chamado Smoking Smarties. A prática refere-se ao hábito de amassar alguns tipos de doces para então cheirá-los ou fumá-los. Especialistas americanos em novas drogas estão preocupados e planejam uma ação para conscientizar os pais. Segundo pesquisas de órgãos oficiais, o Smoking Smarties está se espalhando rapidamente.

O alvo principal são os estudantes do ensino médio que estão usando balas e doces como o Smarties (uma marca bastante famosa, com vários produtos de bomboniere) e Pixy Stix (uma espécie de canudo com chocolate em pó). Outra prática que está crescendo é o hábito de usar o Kool Aid (um tipo de pó para refresco) para inalação.

Segundo Carol Williams, coordenadora do projeto Shelby Country Drug Free Coalition Project Safe Place Programs of Family Connection, as crianças estão literalmente inalando açúcar. Apesar de não agir como narcótico, ele está sendo inalado em grandes quantidades o que pode ocasionar uma série de doenças.

Os fabricantes dos produtos estão inquietos com este hábito. Através de consultoria com médicos, informaram em nota que este comportamento pode provocar infecções nos seios da face e do sistema respiratório superior, uma vez que a poeira de açúcar em pó está entrando diretamente nas cavidades nasais. Este, no entanto, não é o que os pedagogos mais temem. O hábito de “brincar” de cheirar e fumar pode levar os jovens a buscarem drogas de verdade, atrás de novas experimentações.

Carol Williams comenta que conheceu a prática há 3 anos quando um estudante perguntou se fumar Smarties fazia mal. De lá pra cá cresceu muito o número de pessoas que estão praticando este ato deplorável, com vídeos espalhados em centenas de sites pela internet, alguns contém tutoriais ensinando passo a passo como triturar, enrolar e fumar.

Em nota oficial a Smarties Candy Company condenou a prática, através do vice-presidente da companhia, Eric H. Ostrow. Segundo ele, os pais precisam ficar mais atentos sobre o comportamento de seus filhos, dando orientações sobre os efeitos nocivos de drogas e substâncias viciantes.

Fonte: Osmairo Valverde do Jornal Ciência

 

A Redação

Por Uma Mídia Livre em Hortolândia.

Facebook Twitter YouTube 

Recomendado