Câmara revoga o reajuste do salário dos vereadores

Câmara revoga o reajuste do salário dos vereadores

Share Button

Como disse na matéria anterior sobre este tema, seria uma surpresa se os vereadores voltassem atrás na aprovação do projeto de lei que oferece o reajuste de seus salários. Seria um pouco de demonstração de empatia pelas dificuldades que muitas famílias passam em nosso município.

E assim aconteceu! Afinal, o legislativo é a voz do povo.

Com a justificativa de estarem contribuindo para que o país saia da crise, os vereadores revogaram a lei que os favorecia.

Até o momento, parabenizo os nobres vereadores pela decisão; mas, imagino que para o próximo mandato o salário dos vereadores, dos secretários, vice-prefeito e do prefeito devam ser reavaliados pelos próprios, o que seria louvável ou, por manifestações populares e “palavras de ordem” não tão louváveis assim.

Além disso, enfatizo a necessidade de se estabelecer uma auditoria de iniciativa popular que fiscalize constantemente as atividades dos poderes que conduzem o nosso município.

Abaixo segue o pronunciamento do presidente da Câmara, Gervásio Batista Pozza:

 

Bom dia a todos os presentes,

Como presidente desta Casa de Leis, em nome dos vereadores, que representam a vontade da maioria dos eleitores de Hortolândia, venho informar, que após ouvir a sociedade decidimos dar nossa contribuição para ajudar o país a sair da crise.

Por isso, informo que revogaremos a lei que prevê a reposição inflacionária do ano de 2015 para o subsídio dos parlamentares. O Projeto sobre o assunto será apresentado ainda hoje.

Gostaria de frisar que a Lei do subsídio foi aprovada pelos vereadores e os que  não votaram apoiaram a reposição, e este pronunciamento é feito para que não haja distorções das palavras de nenhum vereador.

A Câmara tem contribuído imensamente para o crescimento da cidade, como por exemplo, o adiamento de projetos considerados em 2015, menos urgentes, para que fossem devolvidos mais de R$ 5,5 milhões no ano passado à Prefeitura. Sendo que mais de 3 milhões de reais foram usados exclusivamente para o pagamento de 13º  salário dos funcionários do Poder Executivo.

Esta casa de Leis sempre preza pela transparência de seus atos, sendo que tudo o que acontece dentro do processo legislativo está disponibilizado no site da Câmara. No nosso Portal da Transparência também estão contidas todas as ações do Poder Legislativo.

Tenham todos um bom dia!

Fonte do áudio: Hortolândia que não passa na TV.

Leandro Bolina Nascimento

Jornalista e fundador do Hortolândia NEWS.

Facebook Twitter YouTube 

Recomendado