AmstedMaxion implanta viveiro de mudas nativas

Share Button

A AmstedMaxion, líder no segmento ferroviário e de fundidos ferroviário e industrial, sempre preocupada com as questões ambientais, desenvolve e investe em programas e projetos que beneficiam o meio ambiente nos municípios em que atua. A empresa está implantando um viveiro de mudas de árvores nativas em sua planta industrial em Cruzeiro, interior de São Paulo.

O objetivo deste projeto é a produção de mudas de espécies nativas para manutenção do programa de recuperação da vegetação da mata ciliar do Rio Paraíba do Sul, dentro da área da empresa. A ideia também é utilizar este espaço como ferramenta para ações no âmbito educativo, contribuindo para a conscientização ambiental das pessoas que com ele interagirem.

A fase inicial dos trabalhos que estão sendo realizados é a coleta e plantio de sementes. Após a germinação das sementes, as mudas serão replantadas de maneira individual em embalagens apropriadas e após o desenvolvimento serão transferidas para a área de preservação permanente, enriquecendo assim a área verde e aumentando a biodiversidade da mata ciliar. Vale ressaltar que foram reaproveitadas caixas e paletes de madeira para fabricação das mesas, além da estrutura do viveiro ter sido feita com dormentes usados.

Com mais de 70 anos de atuação no segmento ferroviário, a AmstedMaxion é uma das principais referências latino-americanas no desenvolvimento e fabricação de vagões de carga, rodas de aço fundido, truques e sistemas de choque e tração, além de prestar serviços de reparação, adaptação e modernização de vagões e seus componentes. Pioneira, fornece para todas as ferrovias e seus usuários no Brasil, incluindo empresas de leasing de vagões, e também para o exterior.

Em sua fundição são produzidas peças de aço para aplicação em máquinas e equipamentos de construção civil, mineração e ferroviária. Com unidades em Hortolândia e Cruzeiro, no interior de São Paulo, a empresa alcança uma capacidade anual de 40 mil de toneladas de peças fundidas de aço, 92 mil rodas ferroviárias e 10 mil vagões de carga.

Desde 2013, a empresa recebeu a certificação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA), atendendo os requisitos da norma ISO 14001:2004 considerando os processos produtivos na unidade de Cruzeiro, responsável pela produção de fundidos industriais e ferroviários e rodas ferroviárias. A norma ISO 14001 provê para as organizações uma metodologia de gerenciamento dos aspectos ambientais, com base na legislação vigente, em consonância com os ganhos ambientais e financeiros através dos objetivos e metas. A certificação é o reconhecimento do trabalho que a AmstedMaxion vem desenvolvendo na unidade de Cruzeiro.

A Redação

Por Uma Mídia Livre em Hortolândia.

Facebook Twitter YouTube 

Recomendado