A verdade sobre a crise na Grécia

A verdade sobre a crise na Grécia

Share Button

Os grandes meios de comunicação em massa não falam a verdade do que realmente está acontecendo com respeito à crise na Grécia, pois os brasileiros passariam a entender o que acontece no próprio país e o que pode ainda acontecer com medidas de austeridade ainda mais severas nas condições de vida de cada cidadão.

Não mencionam que um grupo de auditores e colaboradores realizaram um trabalho preliminar que indica a ilegalidade e a ilegitimidade dos supostos empréstimos realizados através de acordos organizados pela Troika (Comissão Européia, Banco Central Europeu – BCE  e Fundo Monetário Internacional – FMI). As grandes mídias apenas afirmam que a Grécia está por aceitar as medidas de austeridade e caso não façam são tidos como “caloteiros”.

Nenhum outro país no mundo tem melhor oportunidade para encarar esse sistema agora. E se a Grécia enfrentar este sistema, reforçará seu papel e seu símbolo para os valores éticos dos direitos humanos e da democracia – referências fundamentais para a humanidade (…). Tais acordos não beneficiaram a Grécia, mas propiciaram ferramentas para a geração e uma enorme dívida pública em favor de credores bilaterais, Fundo Europeu de Estabilização Financeira (EFSF), além de outros passivos transferidos para Grécia.

Esta afirmação é de uma brasileira que participou da auditoria preliminar realizada na Grécia. Trata-se da administradora e ex-auditora da Receita Maria Lúcia Fattorelli, atualmente coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida. Assista ao vídeo completo com os achados de Fattorelli sobre a dívida grega apresentados no parlamento no dia 17/06/2015*.

* Primeiro vídeo do playlist – apresentação do capítulo 4 do Relatório Preliminar da Auditoria da Dívida Grega, que trata dos mecanismos que permitiram a troca de papéis podres por títulos soberanos em favor dos bancos e em prejuízo do povo e do Estado grego. Parlamento Helênico – Atenas – 17/06/15

Leandro Bolina Nascimento

Jornalista e fundador do Hortolândia NEWS.

Facebook Twitter YouTube